Wishlist
R$0,00
0 item(s) Carrinho
Minha sacola - 0 item Fechar

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Produto adicionado no carrinho x

Plínio Guimarães Campos

Plínio Guimarães Campos

3 Produto(s) encontrado(s)

   

Plínio Guimarães Campos

3 Produto(s) encontrado(s)

   

Nasci na cidade de Divinópolis, polo econômico da região sudoeste das Minas Gerais, localidade onde nasceu Adélia Prado, uma das maiores escritoras da nossa literatura. Faço parte de uma daquelas famílias numerosas, barulhentas e calorosas, que se reúne aos finais de semana em um sítio, onde lá se conta e se ouvem muitos e muitos causos. Assuntos e polêmicas é que não faltam nessas prosas ao pé do fogão de lenha, sempre acolhedor nos dias mais frios. O cafezinho cheiroso e o pão de queijo assado na hora e servidos pela matriarca, compõem uma sutileza de inesquecíveis percepções dos sentidos, agradabilíssimas, que remontam a um passado não muito distante. Deixei esse berço mineiro ainda menino, e com minha família mudei para Goiânia-Go, por pouco tempo, até fixarmos residência em Brasília, Distrito Federal. Em Brasília, me formei pela UnB – Universidade de Brasília, em dois cursos superiores: Licenciatura Plena em Educação Física e Engenharia Agronômica. Cursei pós-graduação em Fontes alternativas de energia, na Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais. Aposentei-me como funcionário público após trinta anos de trabalho na rede de ensino público do Distrito Federal, onde lecionei várias disciplinas para alunos de primeiro e segundo graus. Escrevi, anteriormente, “Futsal para iniciantes”. Depois foram editados mais dois títulos dentro do gênero ficção: “O Mistério da Lenda do Grande Monte” e “O jogo do Conde de Monterealli”. O mais recente é este: “A fantástica Ilha de Avalonya”. Não posso deixar de revelar nessa breve biografia a diferença que percebi entre escrever sobre um tema técnico e uma ficção. Gostei imensamente de escrever ficção e fiquei mais apaixonado ainda pelo tema que escolhi, que envolve mistério e aventura. Pretendo me aprimorar cada vez mais na arte de contar histórias, o que é, em essência, o ofício do escritor.
mostrar mais