O diário da formiga Jerusa - Editora Viseu
Olá, visitante! Login ou Cadastro |

O diário da formiga Jerusa

- Valéria Rodrigues Florenzano (ver perfil)

Esta é uma história que tem muitos animais como personagens na “Ilha dos Animais”. Eles falam, além da língua deles, português. Há duas narradoras na história: Mirela, a borboleta, e Jerusa.

IMPRESSO E-BOOK


Compartilhar:  

Descrição do Livro

Esta é uma história, ocorrida em 1997 e no ano 2000, que tem muitos animais como personagens na "Ilha dos Animais". Eles falam, além da língua deles, português. Há duas narradoras na história: Mirela, a borboleta, e Jerusa. Quem começa a narração do livro é a borboleta. Ela apresenta o diário da formiga, mas não a conhece em nenhum momento da história. Depois, somente escreve em alguns trechos do livro, normalmente quando quer explicar melhor algo escrito por Jerusa. O diário é escrito por Jerusa, quase sempre escondida dentro da caverna dos líderes. Ela dividiu seu diário em "manhã", "tarde" e "noite". Nos períodos da manhã e da tarde ela escreve sobre os acontecimentos nesses períodos. À noite, de maneira geral, ela faz um resumo do dia.
Jerusa, no seu diário, explica que os animais tinham líderes, os quais se reuniam para decidir sobre assuntos referentes aos animais da ilha. Há alguns conflitos que os líderes tentam resolver, especialmente aqueles ocorridos por causa do uso da língua portuguesa (Brasil). Há diversas aventuras na história, algumas engraçadas, outras misteriosas, como as brigas entre os líderes e a chegada da maioria dos animais à ilha.
Outras personagens importantes da história são o papagaio Tagarelácio, que ajudava muito os líderes a entender melhor a língua portuguesa, pois já tinha investigado a língua no mundo dos humanos; o gato Ronrônio, que foi contratado pelos líderes como conselheiro e depois decidiu ir morar no mundo dos homens; a formiga Cecília, amiga de Jerusa; o líder porta--voz Aníbal, que comandava as reuniões; e o líder Isídeo, que costumava não concordar com as decisões dos outros líderes.
Ocorreu o encontro do diário de Jerusa pela borboleta, a correção feita pelos líderes de uma carta dos lobos, explicações sobre um ditado em português, a análise de algumas regras gramaticais, a explicação sobre alguns textos de correspondência e sobre currículos. Além disso, houve a proibição de algumas palavras pelos líderes, a revolta dos outros animais por causa disso e a substituição das palavras proibidas por outras. Também há explicações sobre o estresse de Aníbal, a viagem de Ronrônio e a fuga de Jerusa. Somam-se a isso a carta de Ronrônio à Jerusa, a comunicação escrita entre Jerusa e a borboleta e o que acontece com a Jerusa no final da história. Esses são alguns acontecimentos de "O Diário da Formiga Jerusa".

Ficha Técnica

ISBN 9788530003784
E-ISBN 9788530003791
Páginas 132
Edição número 1
Edição ano 2019

Newsletter

Quer ficar por dentro de nossas novidades? Assine nossa newsletter.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!